Dez coisas que você não sabia sobre Irmã Dulce

Conhecida como Irmã Dulce – “O Anjo bom da Bahia”, recordada por suas obras de caridade e de assistência aos pobres e necessitados. Religiosa da Congregação das Irmãs Missionárias da Imaculada Conceição da Mãe de Deus, a Beata Irmã Dulce nasceu em Salvador, em 26 de maio de 1914 e ali faleceu, em 22 de maio de 1992. Ela foi beatificada em 22 de maio de 2011 e será proclamada Santa no dia 13 de outubro de 2019 em solene celebração de canonizações.

Confira 10 curiosidades sobre a Irmã Dulce:

1 – O nome de batismo de Irmã Dulce é Maria Rita de Souza Brito Lopes Pontes. Em 13 de agosto de 1933, quando recebeu o hábito das Irmãs Missionárias da Imaculada Conceição da Mãe de Deus, recebeu o nome de Irmã Dulce em homenagem à mãe.

2 – Irmã Dulce nasceu no dia 26 de maio de 1914, no bairro do Barbalho, na freguesia de Santo Antônio Além do Carmo, em Salvador.

3 – Aos 13 anos já atendia doentes no portão de sua casa.4 – O Anjo Bom do Brasil atuou como professora, formada pela Escola Normal da Bahia (atual ICEIA), também concluiu o curso de Oficial de Farmácia e recebeu o título de Auxiliar de Serviço Social.

5 – Com 21 anos iniciou o trabalho de assistência à comunidade carente, sobretudo nos Alagados, conjunto de palafitas que se consolidara na parte interna do bairro de Itapagipe. Nesta época a imprensa começou a chamá-lade Anjo dos Alagados.

6 – Inaugurou, em 1948, o Cine Teatro Roma, na Cidade Baixa, primeiro palco de Roberto Carlos na Bahia. No espaço hoje fica o Santuário da Bem-Aventurada Dulce dos Pobres.

7 – Em 1964 inaugurou o Centro Educacional Santo Antônio (CESA), em Simões Filho, para abrigar meninos sem referência familiar.Hoje o CESA é uma escola em tempo integral que atende 750 crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social.

8 – Por sua dedicação aos pobres e doentes, foi indicada ao Prêmio Nobel da Paz.

9 – Construiu um dos maiores hospitais da Bahia a partir de um simples galinheiro. Hoje, as Obras Sociais Irmã Dulce realizam 3,5 milhões de atendimentos ambulatoriais por ano a usuários do Sistema Único de Saúde.

10 – Foi beatificada em 2011, quando passou a se chamar Bem-Aventurada Dulce dos Pobres.

Fonte: https://adoracomunicacao.com/blog/noticias/irma-dulce-dos-pobres-sera-proclamada-santa